15/08/2014 

Como montar o seu departamento de Comércio Exterior

Edição 61

É engano achar que uma empresa, para tornar-se internacional, necessita de um departamento de comércio exterior com Diretor, analistas, assistentes e uma secretária bilíngüe. Esqueci do estagiário.

No início, a internacionalização de uma empresa deve ser vista como um novo negócio dentro do próprio negócio. Um negócio embrionário em geral possui mais despesas e custos que receitas.

Lembra quando você começou o seu negócio, agora bem-sucedido? Para começar você mesmo vendia e preenchia a Nota Fiscal. Às vezes entregava. Organizar as finanças era uma tarefa para sábado depois do almoço.

Só há uma hipótese para montar um departamento de comércio exterior robusto no início do processo de internacionalização de uma empresa: é quando ela já nasce internacional, e, neste caso, quase sempre já nasce grande, com investimentos volumosos. São exceção, não a regra.

Para  internacionalizar a sua empresa, você também não necessita contratar consultores caros e engomados.

Tampouco precisa de um Master Business Administration. Se isso fosse preciso, a Itália e a Espanha não teriam a maioria das suas empresas exportadoras com menos de nove funcionários.

Começar no comércio exterior exige apenas três coisas: 1) conhecimento das práticas e das etapas de uma operação de comércio exterior; 2) empreendedorismo e 3) uma única pessoa para centralizar as atividades de exportação e importação que, no começo, nem precisa ser em tempo integral.

Um exemplo cristalino disso está nas usinas da região. Algumas são grandes exportadoras e a área de exportação tem uma ou duas pessoas, em geral trabalhando também nos departamento financeiro ou comercial.

Um processo de exportação tem sempre quatro etapas: 1) uma etapa comercial, quando acontece a venda; 2) uma etapa administrativa-aduaneira, quando se cumpre o despacho aduaneiro; 3) uma etapa logística, relacionada ao transporte e, 4) uma etapa cambial, relacionada ao recebimento.

Nas usinas, todas as etapas são terceirizadas.  As vendas acontecem, na sua maioria, por meio de comerciais exportadoras. O despacho aduaneiro é feito por um despachante aduaneiro e o câmbio por meio de um corretor de câmbio.Os transportes são contratados por meio de agentes de carga.

Dentro da usina, uma única pessoa, às vezes com a ajuda de um assistente, é capaz de efetivar milhões de dólares em negócios tendo uma “equipe” totalmente terceirizada.

Uma forma de se medir a produtividade de um departamento é dividir o seu resultado líquido pelo número de funcionários. Na área de comércio exterior de algumas usinas este número é altíssimo. Em algumas pequenas empresas da região também.

Venha aprender na prática a internacionalizar a sua empresa na Export Manager Business School. Aqui nós trabalhamos na área em que ensinamos.

 

Acompanhe nossas redes sociais

     

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus amigos.

Fonte: Export Manager